Quer saber se seus direitos estão sendo respeitados?

Use nossos questionários para descobrir em poucas perguntas

Saber mais

Blog da mell.ro

Encerramento de aluguel direto com dono

Encerramento de contrato de aluguel residencial: passo a passo

Encerramento de contrato de aluguel residencial: passo a passo
Encerramento de aluguel direto com dono

Encerramento de contrato de aluguel residencial: passo a passo

06/04/2022 Por 6 minutos de leitura

Existem vários motivos para encerrar um contrato. Pode ser porque o prazo chegou ao fim. Ou aconteceu algum imprevisto. De modo geral, há motivos bons e outros nem tanto. E isso se aplica ao aluguel imobiliário também. É comum que surjam dúvidas na hora de finalizar a relação residencial. Assim, o assunto de hoje é o encerramento de contrato de aluguel residencial. Trouxemos um passo a passo para auxiliar nesse procedimento.

Além de entender a razão por trás do encerramento de contrato, também é preciso saber como fazer isso. Ou seja, quais são as medidas essenciais a serem tomadas. Então, os próximos tópicos vão desenvolver melhor esse assunto. Acompanhe com a gente!

 

Motivos para fazer um encerramento de contrato de aluguel residencial

Você sabe quais são os principais motivos que levam o aluguel a ser encerrado? Antes de explicar o passo a passo, entenda algumas dessas razões. Pode-se pedir o encerramento de contrato de aluguel residencial por motivos como os abaixo.

  • Quebra de contrato: Acontece quando o inquilino ou o proprietário descumprem alguma cláusula. Ou, ainda, quando há descumprimento da lei. Então, nesses casos, ambas as partes podem pedir o encerramento do aluguel.
  • Atraso ou falta de pagamento: Como a gente já falou em outros artigos, deixar de pagar ou atrasar a mensalidade do aluguel é assunto sério. Ou seja, o proprietário pode encerrar o contrato a partir do primeiro mês de atraso, dependendo do caso. Por isso, vale a pena ficar de olho nesse quesito. Isso diz respeito tanto a mensalidade quanto a outros valores referentes ao aluguel.
  • Pedido do inquilino: O inquilino pode pedir o encerramento do aluguel a qualquer momento. Porém, é preciso notar que, para isso, deverá pagar uma multa. Então, o morador só fica isento dessa multa se já tiver cumprido o tempo mínimo do contrato.
  • Pedido do proprietário: Da mesma forma, o dono do imóvel tem direito de pedi-lo de volta em algumas situações específicas. Ele pode utilizá-lo para fins próprios ou para ceder o espaço a um familiar. Temos um artigo que fala sobre as ocasiões em que isso pode acontecer. 

Como fazer um encerramento de contrato de aluguel residencial?

Encerrar um aluguel residencial não é um procedimento difícil. Porém, é necessário seguir alguns passos essenciais. Confira.

Passo 1: Pedido de encerramento de contrato

A primeira coisa que se deve fazer é avisar a outra parte que você tem interesse em encerrar o contrato. Isso porque tanto inquilino quanto proprietário precisam se organizar financeiramente para o fim do contrato. O inquilino precisa ter tempo para encontrar um novo imóvel e o dono precisa encontrar um novo inquilino.

A lei do inquilinato diz que o inquilino precisa avisar ao dono a sua saída, por escrito, pelo menos 30 dias antes de se mudar de fato. Se esse tempo mínimo não for respeitado, o dono pode exigir o pagamento de 1 aluguel.

Já se o dono é quem está pedindo o imóvel, ele também precisa dar esse tempo para o inquilino conseguir encontrar um novo imóvel. Além disso, se o inquilino paga o aluguel adiantado, ele tem o direito de ficar até o dia que ele pagou. Geralmente o prazo mínimo é de 30 dias. Já se envolver uma ação de despejo, pode até ser menos tempo.

Passo 2: Vistoria e reformas

Uma das próximas medidas que devem ser tomadas é fazer uma vistoria no imóvel. Em síntese, a vistoria nada mais é do que uma revisão geral do espaço. Para ter certeza de que ele está sendo entregue da mesma forma que foi recebido. Isto é, sem danos à estrutura, pinturas, rachaduras… Assim, o objetivo da vistoria é garantir a segurança do imóvel.

Esse procedimento pode ser feito pelo próprio dono do imóvel ou por empresas terceiras. Mas geralmente é feito pelo proprietário. Após a vistoria, pode ser que seja preciso realizar reformas no espaço. Nesse caso, o inquilino só pode devolver o imóvel quando tudo estiver nos conformes. Ou ainda, fazer um levantamento dos custos e pagar ao proprietário para que a reforma seja feita. Afinal, é responsabilidade do morador devolvê-lo da mesma forma que recebeu.

 

Quer saber se seus direitos estão sendo respeitados?

Use nossos questionários para descobrir em poucas perguntas

Saber mais

Passo 3: Acerto de conta e multas

O proprietário precisa levantar todos os valores que o inquilino está devendo. Inclusive as multas. E esse procedimento deve ser feito antes do encerramento do contrato. Dessa forma, o morador pode acertar todas as contas e assinar a rescisão sem dever nada. 

As multas dependem muito de cada caso. Quando o morador quer encerrar o aluguel antes do prazo, por exemplo, o valor a ser pago é proporcional. Ou seja, varia de acordo com quantos meses ainda faltam para que o contrato acabe. Tudo isso deve estar descrito no documento em uma das cláusulas. Vale lembrar que, em contratos com tempo indeterminado, não se aplica a multa. 

 

Passo 4: Desocupação do imóvel

Por fim, após a vistoria e acerto de contas, o inquilino deve desocupar o imóvel. O morador precisa de um prazo razoável para isso. Em geral, o inquilino tem 30 dias para sair do imóvel. Porém, outros casos podem gerar prazos diferentes. 

 

Passo 5: Rescisão do contrato

Por fim, as duas partes devem assinar a rescisão do contrato. É possível encontrar modelos gratuitos desse documento na internet. Ou ainda, usar o gerador de contratos da Mell.ro, que já inclui esse cálculo de encerramento do contrato.

Em síntese, é importante que a rescisão seja revisada por um profissional da área. Para garantir que a linguagem seja simples e sem brechas. Afinal, o objetivo do encerramento de contrato é finalizar a relação sem problemas. 

Aluguel garantidoConheça a Mellro

A Mellro é uma garantidora que busca trazer soluções para deixar o processo de alugar um imóvel o mais descomplicado possível! Trabalhamos com aluguel direto com o dono de uma forma simples e segura. Temos o Aluguel Garantido, que é um plano com garantia de pagamento  e contrato incluso. 

Visite o nosso site e as nossas redes sociais para entender melhor como o trabalho da Mellro funciona. Conheça as ferramentas que desenvolvemos para deixar o seu dia a dia mais simples na hora de alugar!

 

Compartilhe:
WhatsAppFacebookTwitterLinkedInEmailCopy Link

Você tem algum comentário, dúvida ou opinião? Conta pra gente!

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Artigos Relacionados


Fique por dentro de tudo!

Quer ficar sabendo de todos os assuntos sobre o mundo de aluguel? Assine a nossa newsletter!!

Fique por dentro
de tudo!

Quer ficar sabendo de todos os assuntos sobre o mundo de aluguel? Assine a nossa newsletter!!

Quer saber se seus direitos estão sendo respeitados?

Use nossos questionários para descobrir em poucas perguntas

Saber mais